pacca@diagnosticobucal.com.br

O que é ATM ?

O que é ATM?
ATM é a abreviatura de Articulação Temporo Mandibular. Está localizada logo à frente do ouvido e é responsável pelos movimentos executados pela mandíbula.O principal sinal de uma alteração na ATM é o estalido (clique), normalmente acompanhado de dor de cabeça, face, pescoço, olhos e dentes. Mas é importante destacar que a ausência de dor não é sinal de normalidade. O estalido, por si só, já traduz problemas na ATM.

Quais as principais causas dos problemas de ATM?
Toda e qualquer doença necessita de mais de um fator para a sua ocorrência. No caso da Disfunção da ATM (também conhecida como DTM, que significa disfunção temporo mandibular), acredita-se que o fator principal seja a maloclusão (relacionamento inadequado entre os dentes da maxilae mandíbula). O estresse do dia a dia, os hábitos parafuncionais (bruxismo, por exemplo) e algumas doenças sistêmicas ou hormonais são capazes de contribuir, modificar ou perpetuar o seu aparecimento.

Por que acontece o estalido (clique) na ATM?
Entre as faces articulares dos ossos que compõem a ATM (osso temporal e côndilo da mandíbula), existe uma estrutura cartilaginosa chamada disco articular, cujas principais funções são amortecer e amoldar as superfícies ósseas incongruentes da articulação, evitando traumas e desgastes prematuros.Quando o disco articular se desloca de sua posição fisiológica, acontece esse estalido, notado nos movimentos mandibulares, tais como: falar, mastigar, cantar, bocejar etc.

Por que o problema de ATM pode causar dor de cabeça?
As dores de cabeça provenientes das Disfunções de ATM (DTM) em geral não são propriamente de cabeça. Na verdade, são dores nos músculos que envolvem a cabeça. Posições posturais viciosas, relacionamento dental inadequado, apertamento e/ou ranger de dentes, associados ao estresse, normalmente culminam em quadros crônicos de dores nos músculos da face, da cabeça e do pescoço.

E por que o problema de ATM pode causar dor de ouvido?
A proximidade entre a ATM e o ouvido pode confundir o paciente sobre o local de origem da dor. Na realidade, a dor de ouvido é diferente da dor de ATM. Como diagnóstico diferencial, as disfunções da ATM não manifestam febre, não eliminam secreção pelos ouvidos e não são acompanhadas por quadros infecciosos das vias aéreas superiores.

Existe relação entre dentes e ATM?
Sim. O “encaixe dental” (oclusão) é responsável pela posição do côndilo (cabeça da mandíbula) dentro da articulação. Colocar os dentes mais para a frente, para trás ou para os lados traz consequências para a ATM. O ideal é que o encaixe dos dentes tenha um relacionamento adequado, para manter o côndilo e o disco articular harmônicos e bem posicionados entre si, a fim de que a articulação seja saudável.

E qual é o tratamento indicado?
De maneira geral e inicialmente, tentamos promover um encaixe dental que permita um bom relacionamento entre as estruturas da ATM e remover os fatores que possam estar associados ao problema. Para essa solução, podemos lançar mão do uso de aparelhos ortodônticos e/ou placas de mordida. Nos casos mais graves, a intervenção pode ser por meio de infiltrações na articulação ou até mesmo um procedimento cirúrgico chamado artroplastia.

É bom salientar que, o não tratamento, pode proporcionar uma evolução da DTM (Disfuncão da ATM) que quase sempre é progressiva. Por isso, o ideal é o tratamento precoce, que certamente proporcionará melhores soluções e resultados.


Prof. Dr. Francisco Octávio Teixeira Pacca
Cirurgião Bucomaxilofacial e Estomatologista


Deixe seu comentário