Roteiro de aulas

Princípios de Cirúrgia

  1. Antes de qualquer coisa deve-se fazer uma boa anti-sepsia acompanhada da colocação do campo cirúrgico. A anti-sepsia é feita com álcool iodado, povidine (PVPI), em sentido centrífugo (em círculo, do centro para a borda) em relação à área de interesse.
    Feito isto aplica-se a anestesia.

    Passos Fundamentais da Cirurgia:
    (Passos Cirúrgicos)
    – Diérese
    – Hemostasia
    – Exérese
    – Síntese

    INCISÃO: É o procedimento através do qual o bisturi comunica o meio externo com o interno.

    DIVULSÃO: É a cuidadosa separação dos tecidos. Deve ser feita com instrumento rombo.


    DIÉRESE:
    É o conjunto de manobras realizadas para a abordagem do objetivo cirúrgico. Dividida em Incisão e Divulsão.


    HEMOSTASIA:
    Consiste nas manobras para interrupção do sangramento.
    – Compressão
    – Pinçamento
    – Ligadura


    EXÉRESE:
    É a retirada do objetivo cirúrgico.

    SÍNTESE: Consiste na tentativa de devolver a morfologia e a função da área operada. É representada pela sutura.

    INSTRUMENTOS

    -Pinça de Pean: Tem a função de preender gazes para a realização de anti-sepsia.

    -Pinça Backaus: Tem a função de fixar os campos cirúrgicos. Tem 13cm de comprimento.

    -Carpule: na montagem a agulha é colocada pelo assistente, que não coloca a mão na carpule, apenas rosqueia a agulha. Quando não estiver usando a carpule deve-se proteger a agulha com um tubete.

    -Bisturi: Instrumento composto de cabo e lâmina descartável com a função de realizar as incisões cirúrgicas.
    A empunhadura é em forma de caneta modificada. O bisturi deve entrar no tecido a 90º, aprofunda-se o quanto se desejar e depois inclina-se o bisturi a 45º e realiza-se a incisão; então volte a inclinar o bisturi a 90º e o retire.

    -Tesoura de Matzembaum:
    – 14 cm de comprimento
    – Ponta Romba
    – Reta ou curva
    – Tem a função de divulsionar os tecidos

    -Pinça Dente de Rato:
    – Tem a função de promover a fixação dos tecidos durante a divulsão e/ou sutura

    -Pinça Halsted (Mosquito):
    – Tem a função de promover a hemostasia através da compressão dos vasos
    – Possui travas para mantê-la fechada

    -Pinça Kelly Curva ou Reta: É usada para pinçamento (Hemostasia)

    -Pinça Allis:
    – É uma pinça de preensão traumática
    – Somente pode ser utilizada para tecidos que serão removidos

    -Porta Agulhas:
    São destinados a preender a agulha para a realização da síntese dos tecidos. Podem ser de 2 tipos:
    – Tipo Matieu
    – Tipo Mago-Hegar

    -Fios de Sutura:

    ABSORVÍVEISAnimal = Catgut/Vitril*
    Sintético = Dexon
    INABSORVÍVEISAnimal = Seda
    Vegetal = Algodão
    Sintético = Nylon
    Metálico = Aciflex

    *Absorção mais rápida (mais ou menos 7 dias)
    Quanto maior o número do fio mais fino ele será
    De preferência comprar fios com a agulha já montada de fábrica (lesionam menos os tecidos)

    -Tesoura Cirúrgica:
    – 14 cm de comprimento
    – Reta ou Curva
    – Tem a função de cortar os fios cirúrgicos

    -Afastador de Farabeuf: Tem a função de afastar os tecidos para melhor visão do campo operatório.

    Cuba para Soro com solução antisseptica e cuba com soro gelado

    -Compressa de Gaze

    -Seringa Luer de 10 a 15 ml com agulha hipodérmica de grosso calibre

    Fábio Masuko Carrion Alvarado – fabiomasuko@hotmail.com