PIERCING NA LINGUA
RELATO DE CASO CLÍNICO

PACIENTE DO SEXO FEMININO, LEUCODERMA, 20 ANOS DE IDADE, PROCUROU A DISCIPLINA DE ESTOMATOLOGIA DA UNG PARA SUBMETER-SE A TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DE ROTINA.

NA HISTÓRIA MÉDICA NÃO RELATOU NENHUMA PATOLOGIA PREGRESSA, O MESMO OCORRENDO COM A HISTÓRIA FAMILIAR

NA HISTÓRIA ODONTOLÓGICA NÃO FOI POSSÍVEL CONSEGUIR DADOS RELEVANTES POIS A PACIENTE NÃO SE RECORDA DE TER IDO AO DENTISTA

caso_foto1b.jpg (8963 bytes) caso_foto1c.jpg (9956 bytes)

AO EXAME CLÍNICO, VERIFICOU-SE A PRESENÇA DE UM
PIERCING QUE TRANSFIXAVA A LÍNGUA DA PACIENTE

VENTRE LINGUAL

APÓS SER RETIRADO O PIERCING, O VENTRE DA LÍNGUA
APRESENTOU UM CRESCIMENTO TECIDUAL REACIONAL

MESMO TENDO SIDO ORIENTADA QUANTO AOS RISCOS,
A PACIENTE RECOLOCOU-O

PIERCING

FEITA BIÓPSIA DA LESÃO DO VENTRE LINGUAL, OBTIVEMOS COMO RESULTADO: DISPLASIA EPITELIAL MODERADA
Mesmo após orientação da possibilidade de malignização, a paciente não retornou para tratamento

 

 
 |